11 de junho de 2018 às 02:00

Racismo no Brasil não é só herança da escravidão, diz antropóloga

O novo episódio do podcast tem como convidada Lilia Schwarcz, professora do Departamento de Antropologia da USP.

O novo episódio do podcast tem como convidada Lilia Schwarcz, professora do Departamento de Antropologia da USP.

Na conversa com Uirá Machado, editor da Ilustríssima, ela falou sobre o livro “Dicionário da Escravidão e Liberdade” (Companhia das Letras), organizado em conjunto com Flávio Gomes, que reúne textos sobre o período escravista e o racismo que se reproduz no cotidiano brasileiro.

Além do link acima, o podcast pode ser acessado em sites e aplicativos que disponibilizam podcasts em celulares e computadores, como Stitcher e o Spotify, disponíveis em smartphones com os sistemas operacionais Android ou iOS.

Usuários de aparelhos da Apple podem ouvir os episódios pelos mesmos aplicativos ou também pelo app Podcasts, que já vem instalado em iPhones.

Em aplicativos, o usuário pode assinar â?”sem qualquer custoâ?” o podcast, passando assim a receber alertas quando novos episódios são publicados.

Na série quinzenal, o editor da Ilustríssima, Uirá Machado, entrevista autores de livro de não ficção ou de pesquisas acadêmicas.

Já participaram do programa Marcos Nobre, professor de filosofia da Unicamp; Regina Zappa, que escreveu livro sobre 1968;  Flávia Biroli, autora de obra sobre desigualdades de gênero;  Claudia Wasserman, autora de "Teoria da Dependência"; Conrado Hübner Mendes, professor de direito constitucional da USP; Francisco Bosco, doutor em letras e autor de "A Vítima Tem Sempre Razão?"; Plinio Junqueira Smith, professor de filosofia da Unifesp, que escreveu "Uma Visão Cética de Mundo", sobre Oswaldo Porchat; e o jornalista Felipe Recondo, autor do livro "Tanques e Togas", sobre a atuação do STF durante a ditadura e o golpe militar.

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo