08 de julho de 2018 às 02:00

Veja cronologia da vida de Ingmar Bergman

Veja abaixo cronologia dos 89 anos de vida do diretor sueco Ingmar Bergman.

Veja abaixo cronologia dos 89 anos de vida do diretor sueco Ingmar Bergman.

1918
Nasce em Uppsala, no dia 14 de julho, filho de um pastor luterano e de uma enfermeira

1938
Depois de anos fazendo encenações em seu teatro de marionetes, Bergman é escolhido como diretor de um grupo de teatro amador em Estocolmo

1944
Torna-se o mais jovem diretor de um grande palco na Europa ao assumir o prestigioso Teatro Municipal de Helsinborg. Nesse mesmo ano, é lançado o primeiro filme baseado num roteiro seu: “Tormenta”, de Alf Sjöberg

1946
Em fevereiro, estreia o primeiro filme dirigido por Bergman, “Crise”; em novembro, o segundo, “Chove em Nosso Amor”

1952 
Torna-se diretor do Teatro de Malmo, onde faz montagens históricas de “Peer Gynt”, “O Misantropo” e “Don Juan”, reunindo já parte da trupe que o acompanharia em toda a carreira: Bibi Andersson, Harriet Andersson, Gunnel Lindblom, Ingrid Thulin e Max von Sydow

1956
Bergman ganha seu primeiro grande prêmio, no Festival de Cannes, e consegue autorização para filmar “O Sétimo Selo”, projeto que havia sido previamente rejeitado pelo estúdio

1957
Ano caótico: já tem 6 filhos com 3 mulheres diferentes, dirige quatro peças (incluindo montagem de “Peer Gynt” com 45 atores), lança “O Sétimo Selo”, “Morangos Silvestres”, que escreveu nesse mesmo ano, e “Herr Sleeman Kommer”, seu primeiro filme para televisão, além de escrever o roteiro de “O Rosto”

1960
Recebe a primeira indicação ao Oscar (melhor roteiro original por “Morangos Silvestres”), mas a primeira estatueta vem no ano seguinte (melhor filme estrangeiro por “A Fonte da Donzela”)

1963
Assume a chefia do Teatro Real Dramático, em Estocolmo

1976
Acusado de evasão fiscal, é conduzido pela polícia no meio de um ensaio. Mesmo inocentado, o episódio o marca profundamente e ele se autoexila na Alemanha

1981
Volta à Suécia e filma “Fanny e Alexander”

1987
Lança sua autobiografia “Lanterna Mágica”

2002
Encerra sua carreira no teatro com a peça “Espectros”, de Henrik Ibsen

2003
Lança seu último filme, “Saraband”

2007
Morre em sua casa na ilha de Faro, no dia 30 de julho

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo